sexta-feira, 23 de junho de 2017

«Não é impossível, mas não me passa pela cabeça jogar na China» - Messi


Numa entrevista concedida à ESPN chinesa, Leo Messi rejeitou a possibilidade de uma futura mudança para o futebol asiático, reiterando o seu desejo de acabar a carreira em Camp Nou.
.
«Não posso dizer que uma mudança para a China seja impossível, ninguém pode dizer que exista alguma coisa impossível no futebol de hoje em dia, mas não me passa pela cabeça.»
.
«Acabar a carreira no Barcelona é aquilo que eu sempre quis e com que sonho. Neste momento só penso neste clube e em alcançar o maior número possível de títulos na próxima temporada», vincou o astro argentino.
Ler Mais 📰

terça-feira, 20 de junho de 2017

«Daniel Alves é um idiota» - Maradona


As críticas de Daniel Alves a Diego Maradona não foram indiferentes à antiga glória do futebol argentino, depois do jogador da Juventus ter afirmado que Messi é superior ao ex-camisola 10 da seleção argentina.

«Daniel Alves é um idiota. Faz 28 cruzamentos e acerta quatro. Um bom lateral era Cafú, Maicon. Daniel ALves? Pobrezinho», afirmou Maradona em entrevista à televisão TyC Sports.

«Ele fala porque em campo posiciona-se num local em que não se joga futebol. Tocam na bola três vezes e fazem oito faltas por jogo», acrescentou.
Ler Mais 📰

«Ronaldo na prisão poderá tornar-se na Miss Setembro»


A acusação a Cristiano Ronaldo por alegada fuga aos impostos tem levado a inúmeros comentários, surgindo agora da parte de um antigo jogador e internacional alemão, Mehmet Scholl, um que provocou e chocou muita gente.

Em declarações à televisão alemã ARD, o ex-futebolista lançou uma farpa ao capitão da Seleção portuguesa, sobre a possibilidade de vir a cumprir pena de prisão efetiva.

«Se Cristiano Ronaldo realmente for preso, então preocupa-me que se torne na Miss Setembro», disse Scholl, que imediatamente passou a ser muito criticado e até acusado de homofobia.

Ler Mais 📰

domingo, 18 de junho de 2017

Surpresas no onze de Portugal frente ao México


Onze de Portugal: Rui Patrício, Pepe, Guerreiro, Fonte, Ronaldo, Moutinho, William Carvalho, André Gomes, Quaresma, Nani e Cédric.

Onze do México: Ochoa; Salcedo, Reyes, Moreno, Layún; Guardado, Herrera, Jonathan; Vela, Chicharito e Jiménez.
Ler Mais 📰

Minuto de silêncio e fumos negros no Portugal-México


A FIFA respondeu positivamente à solicitação da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para que se cumpra um minuto de silêncio antes do Portugal-México, em memória das vítimas mortais no incêndio de Pedrógão Grande.

Neste primeiro jogo da Taça das Confederações, marcado para as 16 horas, em Kazan, Rússia, a equipa das Quinas foi também autorizada a atuar com fumos negros.
Ler Mais 📰

Fábio Coentrão e Sporting: Acordo está fechado


Fábio Coentrão está muito perto de se tornar jogador do Sporting. Segundo o jornal Record, o acordo está praticamente selado, faltando apenas acertar meros detalhes para que tudo possa ficar formalizado.

A mesma fonte adianta que Coentrão vai ser oficializado esta semana, sendo que irá submeter-se a exames médicos na terça ou quarta-feira.

O lateral vai assinar contrato por uma temporada, a título de empréstimo, continuando assim ligado contratualmente ao Real Madrid, que deve assegurar a maior parte do ordenado do jogador (cerca de dois milhões de euros).
Ler Mais 📰

Sobe para 57 o número de mortos em incêndio de Pedrógão Grande


O número de pessoas que morreram no incêndio que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, aumentou para 57, adiantou o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, às 10h00. É uma das maiores tragédias em Portugal dos últimos 50 anos, provocada por um incêndio. A Polícia Judiciária afastou entretanto a hipótese de origem criminosa do incêndio.

Entre as vítimas mortais, 18 foram encontradas em carros e quatro estavam numa outra área junto ao Itinerário Complementar 8.

Outras três morreram por inalação de fumos, indicou o governante, em declarações aos jornalistas junto ao posto de comando, em Pedrógão Grande.

Jorge Gomes disse ainda haver 59 feridos, a maioria civis, 18 dos quais foram para hospitais de Lisboa, Coimbra e Porto. Há cinco pessoas feridas com gravidade: quatro bombeiros e uma criança.

Ainda está em curso o combate às chamas com 700 homens no terreno. As chamas atingem os concelhos de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pêra, com quatro frentes de fogo ativas.
Ler Mais 📰